All for Joomla All for Webmasters
faleconosco@santafe.edu.br
(98) 2109-0505
261d0e9b5a87123322476de477b737d4.jpg

Nossos Destaques

Vantagens de Estudar na Santa Fé?

Pedagogia: Aprender a Ensinar

Mercado de trabalho e salário

Mas então a Pedagogia é só para quem quer dar aulas para crianças? Na real, é uma profissão com um mercado bem amplo. A atuação em sala de aula ainda é a que mais oferta vagas, mas dá para trabalhar em outras áreas da escola também, como na gestão e administração

(sendo diretor, orientador, coordenador pedagógico). Se quiser trabalhar com Pedagogia Empresarial, por exemplo, é importante fazer uma pós-graduação na área.

O mercado de trabalho não é apenas ligado à área da educação, porém, o curso não te forma para outros caminhos”, avisa Aline.

A parte ruim de ser pedagogo, mesmo com tantas vagas à disposição, é o dinheiro. Os salários costumam ser baixos, mesmo que você resolva fazer concurso público. “O salário do professor não é dos melhores, geralmente para ter uma boa renda precisa trabalhar em duas escolas (manhã/tarde) ou outro emprego”, conta Aline. Para ela, o que acontece é que as escolas privadas muitas vezes contratam o pedagogo recém-formado inicialmente como auxiliar, para depois torná-lo professor da turma. “Durante o tempo que tive na faculdade sempre procurei participar de projetos, ampliando meu currículo e experiência para o mercado de trabalho. As escolas valorizam muito também quem tem o Curso Normal. Logo que sai da faculdade fui contratada como auxiliar em uma escola privada, hoje sou professora regente em outra escola.”

A Maria Clara, que ainda está no começo do curso, já está ligada nessa questão financeira, e dá a dica para quem pensa em fazer Pedagogia: “Se quiser ser pedagogo, será por amor, e não pelo dinheiro”.

Rotina de um pedagogo

Outra coisa para saber antes de se decidir pela profissão é: na prática, o expediente do pedagogo não termina com o fim da aula. “O professor não consegue ter um trabalho com horário comercial, sempre leva trabalho para casa, seja planejamento, materiais para confeccionar, trabalhos para corrigir”, explica Aline. “Meu horário é das 13h30 às 17h30, com alguns sábados ou finais de tarde de formação, geralmente uma vez no mês. É um trabalho maravilhoso, mas às vezes cansativo, sim”.

Dicas, pra que te quero!

Confere aí algumas dicas das nossas entrevistadas:

  • Esquecer o estereótipo de que só mulheres fazem Pedagogia. Hoje há bastante homens cursando!
  • Lembrar que a carreira abre espaço para inúmeras pós-graduações: mesmo gostando de crianças, você não precisa fazer só isso a vida inteira;
  • Aproveitar a faculdade para perder a timidez durante seminários, apresentações: isso vai ajudar muito para exercer a profissão;
  • Não desistir de cursar por causa dos salários baixos: ser professor ainda é um trabalho muito importante no Brasil, e você pode fazer a diferença!

Texto retirado do Blog Me Salva. Leia a matéria completa no link http://blog.mesalva.com/serie-profissoes/pedagogia-aprendendo-a-ensinar/

Calendário